Um terço das pessoas recebe antibióticos sem precisar

antibioticsss

O Centro Americano de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) concluiu que 262 milhões de pessoas receberam prescrições de antibióticos de seus médicos de 2010 a 2011. E ainda cerca de 30 por cento eram desnecessários.

O uso desses medicamentos sobe a cada ano. O papel do médico no controle de prescrição de antibióticos é essencial, pois são eles que prescrevem os antimicrobianos.

A mudança de comportamento pode ser um fator chave na redução da resistência bacteriana. Por isso, a Qualis desenvolve um programa de padronização de medicamentos, já que existem muitas opções no mercado farmacêutico. Esse ato resulta em menor desperdício dos antibióticos, evita erros de diluição e, principalmente, é essencial para a saúde do paciente.